Ginecologista em Santana

logo dra. edinalva braz ginecoogista em santana

Telefones:

   (11)  3115-4375

       (11) 94613-0766

Dispaurenia: entenda suas causas

dispauneria

Pode surgir em ambos os sexos, porém é mais frequente nas mulheres. A incidência real da dispareunia é desconhecida, porém continua a ser uma das queixas mais comuns nos consultórios ginecológicos. Antigamente as mulheres suportavam a dor e o desconforto durante as relações por acreditarem que o sexo era uma “obrigação conjugal.” Com a liberação sexual, as mulheres procuram cada vez mais solucionar problemas relacionados a sua sexualidade com a convicção e o desejo de uma vida sexual mais prazerosa e agradável.

 

O QUE CAUSA DISPAREUNIA?

A dispareunia pode ser causada por fatores orgânicos e psicológicos e muitas vezes por um conjunto desses fatores.

Fatores Orgânicos mais frequentes

  • infecção vulvovaginal por cândida, gardenerela, tricomonas;
  • infecções sexualmente transmissível (IST) herpes, HPV (condilomas);
  • doenças da glândula de Bartholin; 
  • infecção urinária; 
  • trauma cirúrgicos e obstétricos pós parto;
  • doença inflamatória pélvica (DIP);
  • endometriose;
  • tumores e cistos ovarianos; 
  • atrofia e secura vaginal no pós parto e menopausa dentre outros. 

 

Fatores Psicológicos:

  • educação repressora; 
  • crenças morais e religiosa muito forte (sexo x reprodução);
  • sentimento de culpa em relação aos desejos e vivências sexual;
  • abuso sexual na infância ou secundário a violência sexual;
  • medo de machucar o bebê durante gestação 

 

COMO É REALIZADO O TRATAMENTO?

O tratamento da dispareunia deve ser individualizado e tratado de acordo com a causa. A consulta ginecológica é importante para diagnóstico e tratamento das causas orgânicas, assim como a terapia sexual e a psicoterapia para os problemas de ordem psicossomática.

 

Leia também: Vaginismo, afinal o que é?

× Como podemos ajudar?