Ginecologista em Santana

logo dra. edinalva braz ginecoogista em santana

Telefones:

   (11)  3115-4375

       (11) 94613-0766

Pílula Anticoncepcional e a Sexualidade

 

mulher com diversos tipos de pilulas anticoncepcional na mãoA pílula anticoncepcional desde o seu lançamento comercial em 1960, tornou-se na época o método mais utilizado para prevenir gravidez, dando as mulheres o controle sobre sua fertilidade. De fato, a contracepção hormonal oral permitiu a mulher o livre exercício de sua sexualidade sem a penalidade de uma gravidez indesejada.

As primeiras pílulas comercializadas tinham na sua composição dosagens muito altas de hormônios por isso apresentavam efeitos colaterais muitos fortes como náuseas, vômitos, dores de cabeça, aumento de peso e ocorrência de tromboembolismo. Tal fato causou expressivo número de suspensão da pílula pelas usuárias ocasionando inúmeras gestações não programadas.

À partir dessa época o estrogênio (vilão dos efeitos colaterais) foi sendo gradativamente reduzido nas formulações, mas sem deixar de cumprir seu papel de segurança contraceptiva.

Cabe a nós médicos e educadores da saúde informar as pacientes riscos e benefícios para o uso correto e bem indicado dos anticoncepcionais, não deixando de individualizar caso a caso. 

Com objetivo de uniformizar as indicações dos anticoncepcionais a OMS Organização Mundial de Saúde, lançou um documento conhecido como, CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE, para uso de métodos contraceptivos e que são classificados em 4 categorias onde colhida a história clínica da paciente, ela vai ser avaliada para tomar a pílula sem restrição ou dependendo do seu histórico clínico (enxaqueca, hipertensão arterial, tabagismo, câncer de mama, trombose prévia, diabetes descompensada, algumas doenças auto imunes ,hepatites viral ou medicamentosa dentre outras), a pílula poderá ser usada com vigilância ou contra indicada sendo indicado outros métodos contraceptivos.

Existem hoje diversas pílulas anticoncepcional no mercado. As pílulas mais utilizadas são as combinadas, ou seja, são compostas por 2 tipos de hormônios o ESTRÓGENO e a PROGESTERONA. A quantidade e o tipo de estrógeno e progesterona podem variar, por isso a escolha da pílula deve ser sempre individualizada.

Os tipos de estrogênios usados nas pílulas são dois: ETINILESTRADIOL (sintético) e VALERIANATO DE ESTRADIOL (natural).

Existem vários tipos de PROGESTERONA usada nas pílulas anticoncepcionais:

*Levonorgestrel

*Gestodeno

*Desogestrel

*Clormadinona

*Drosperinoma

*Acetado de Ciproterona

*Dienogest

A anticoncepção é considerada nos dias de hoje, parte integrante da assistência integral à saúde da mulher, assim como os exames preventivos do câncer de mamas e câncer ginecológico.

Apesar de todas as dificuldades dos programas de saúde feminina e planejamento familiar a pílula anticoncepcional é o método reversível mais utilizado em todo o mundo.

Quer saber sobre outros métodos contraceptivos? 

Leia também: Pílula Anticoncepcional, como usar?

               

 

× Como podemos ajudar?