Dra. Edinalva Braz

Ginecologia Funcional e Reparadora

ginecologia funcional e reparadoraA ginecologia funcional e reparadora corresponde a tratamentos que contribuem para a saúde e bem-estar da mulher, resgatando a satisfação nas relações sexuais, melhora da auto-estima através de tratamentos clínicos hormonais e cirúrgicos que melhoram a aparência da genitália feminina e tratam de disfunções.

São tratamentos que devem ser realizados por uma ginecologista pois envolve conhecer toda a anatomia da genitália feminina, bem como a formação da mulher como um todo.

Ninfoplastia

A ninfoplastia ou labioplastia é uma cirurgia, realizada pela ginecologista, que consiste na redução dos pequenos lábios vaginais em mulheres que têm aumento ou hipertrofia dessa área.

O procedimento é indicado nos seguintes casos:

  • Quando os pequenos lábios vaginais são muito grandes; 
  • Provocam desconforto durante as relações sexuais;
  • Causam vergonha ou baixa auto-estima.

 

Benefícios que pode ser obtidos após o procedimento :

  • melhora auto-estima de mulheres que têm vergonha do seu corpo;
  • previne infecções vaginais (os pequenos lábios com grande volume podem levar ao acúmulo de secreções de urina que pode causar infecções);
  • melhora também o desempenho sexual. 


Tratamento das Doenças Sexualmente Transmissíveis

HPV (papiloma vírus humano) que pode cursar com verrugas genital (condiloma acmuninado) alterando a anatomia genital e causando lesões precursoras do câncer genital;

Herpes Genital;

Vulvovaginites (por clamídia, mycoplasma, ureaplasma).

 

Atrofia Vaginal

A atrofia vaginal é muito comum em mulheres após a menopausa, mas também pode ocorrer no período pós-parto, durante a amamentação ou devido a efeitos colaterais de determinados tratamentos, que são fases em que a mulher tem quantidades baixas de estrogênios.

Os sintomas mais comuns:

  • secura vaginal;
  • dor e sangramento durante as relações sexuais;
  • diminuição da lubrificação;
  • diminuição do desejo sexual;
  • coceira, irritação e ardor na vagina.

O tratamento da atrofia vaginal consiste na administração de estrogênios (uso tópico ou oral), reduzindo a manifestação de sintomas e prevenindo a  ocorrência de outras doenças como infecções vaginais  ou problemas urinários.

 

Fique por dentro sobre os cuidados com sua saúde: leia nossos artigos no blog e nos acompanhe nas redes sociais.

× Como posso te ajudar?