Ginecologista em Santana

logo dra. edinalva braz ginecoogista em santana

Telefones:

   (11)  3115-4375

       (11) 94613-0766

A mulher diante das disfunções sexuais

sexologia tratada pela Dra. Edinalva BrazA mulher diante das disfunções sexuais, como se comportar? Dra. Edinalva Braz é especialista em Sexualidade Humana e orienta sobre o assunto.

A sexualidade feminina faz parte de um processo sócio econômico cultural de uma sociedade que vem em constante mutação e adotando novos valores e conceitos.

A mulher moderna a cada dia vem conquistando mais espaço na sociedade, seja em relação à escolha profissional, sexual, ao casamento e a maternidade. Podemos tomar nossas próprias decisões, estejamos sozinhas ou acompanhadas.

Sem dúvida a revolução sexual após a descoberta da pílula anticoncepcional foi um marco importantíssimo. 

Antes o sexo tinha como objetivo único e principal a reprodução da espécie e, diga-se de passagem, dentro da instituição casamento, filhos gerados fora dessa instituição eram considerados bastardos. Finalmente a sexualidade foi liberada da sua ligação intrínseca com a reprodução e essa democratização do sexo passou a fazer parte do universo feminino.

Olhando para o passado, constatamos que a sexualidade ainda é moldada pela culpa, preconceitos e mitos apesar das mudanças. A sexualidade é mais falada, do que realmente vivida; homens e mulheres comentam de transas e desempenho fantásticos, sexo com sucesso garantido, desejo em alta. 

 

Sabemos como é difícil confidenciar nossas dificuldades sexuais, imaginem para os homens? Nossa cultura não permite amadorismo, impotência, inexperiência. O homem não pode falhar. A situação se agrava porque sendo o pênis um órgão externo não tem como fingir uma ereção, uma ejaculação ou mesmo uma perda de ereção.

Como nos “comportamos” diante dessas saias justas?

Numa transa casual podemos ou não repetir a experiência, mas se isso acontecer num relacionamento estável? revelamos as nossas dificuldades?

O casal que COMPARTILHA suas disfunções sexuais, revela cumplicidade e confiança, Coragem e humildade são qualidades que favorecem a solução do problema. Quando a mulher não tem conhecimento sobre o que está acontecendo fica confusa, desconfiada e insegura com pensamentos como: “será que ele não me deseja mais? a culpa é minha? Ele tem outra pessoa?”

 

Quando a mulher deseja sexo usa roupas provocantes, lingerie sedutoras, força situações para que aconteça a relação na tentativa de se aproximar do companheiro.

O homem por sua vez sente-se encurralado, não quer ser testado. Sente medo, raiva, insegurança e rejeição que acabam prejudicando ainda mais a relação.

Mesmo quando as mulheres dizem “não gostar de sexo “questionam a atitude do companheiro. Elas podem não gostar, não sentir falta, mas eles não têm esse mesmo direito pelo fato de serem “homens”.

Quando a mulher vivencia e participa da disfunção sexual do seu companheiro raramente nega ajuda ou esquiva-se do problema. A revelação é vista como prova de confiança e cumplicidade, desfazendo fantasias criadas pelo desconhecimento do real motivo.

Se você e seu parceiro estão vivenciando situação semelhante, procurem   ajuda de profissionais seja   ginecologista (para a mulher) e/ou urologista (para o homem) especialistas em sexualidade humana.

QUER SABER MAIS? Clique aqui e leia outros artigos em nosso blog.
 

× Como podemos ajudar?